...

Por uma cona assim eu perco o tino

e tudo o mais desamo que não faça

como rata em soneto de Aretino:

a um caralho dar frequente caça

 

porque essa cona tem da melhor raça

a traça que se diz «donaire fino»

se rosto fora ela e não conaça

onde o tesão divino toca o sino

 

com uma cona assim aquel'menino

Cupido troca as setas pela maça

martela meus colhões num desatino

que do Rossio ecoa até à Graça

 

ela é a melhor rata que dá caça

a este meu javardo de inquilino

 

Lisboa

28-XII-81

 

Fernando Assis Pacheco

publicado por RAA às 01:10 | comentar | favorito