...

o poeta que há em mim

não é como o escrivão que há em ti

funcionário autárquico

 

     o profeta que há em mim

     não é como a cartomante que há em ti

     cigana fulana

 

o panfleto que há em mim

não é como o jornalista que há em ti

matéria paga

 

     o pateta que há em mim

     não é como o esteta que há em ti

     cana a la kant

 

o poeta que há em mim

é como o vôo no homem pressentido

 

Chacal

publicado por RAA às 10:52 | comentar | favorito
tags: