AMOR

Amas demais... não possuis

o amor que todos têm.

Quem ama tudo não pode

ser amado por alguém.

 

O amor de tudo é ninguém

mas coração mais fecundo,

que por não saber beijar

só tarde conquista o mundo.

 

De longe o sol nos aquece,

de longe nos abre focos...

-- Ó cinco chagas de Cristo,

no espelho de misantropos!

 

Só é do Sol quem tem asas,

para um voo longo e leve...

-- quem antes que a luz o cegue

chega lá desfeito em brasas!

 

Edmundo de Bettencourt

publicado por RAA às 00:05 | comentar | favorito