A GOTA DE ÁGUA

A lágrima triste

Que por ti surgiu

Mal que tu a viste,

Quase se não viu...

 

Como quem desiste,

Logo se deliu...

E, mal lhe sorriste,

Logo te sorriu.

 

Já não era a dor,

O sinal aflito

Duma funda mágoa;

Era o infinito

-- O infinito amor

Numa gota de água...

 

Augusto Gil

publicado por RAA às 13:28 | comentar | favorito