ABAFADOR

Os teus olhos de berlinde

anémonas-do-mar

joguei ao "matas" com eles

só p'ra te sodomizar

 

Deixei-te a chorar na praia

a vulva cheia de sal

beijaste na boca a raia

num dia de Carnaval

 

Tomaste na mão os bilas

os berlindes ou os guelas

meteste na boca as pilas

os colhões, iscas com elas

 

Tens uma racha apertada

um cofre d'abafadores

tu gostas de marmelada

só na Ilha dos Amores

 

Os teus olhos de berlinde

anémonas-do-mar

pedem ao Rei de Melinde

p'ra na pachacha mamar

 

Dick Hard,

De Boas Erecções Está o Inferno Cheio

publicado por RAA às 13:45 | comentar | favorito