O PRATO DA MENINA

A menina tinha um prato

e dentro do prato um pato

de penas cinzentas e lisas

e no fundo desse prato

havia um prato pintado

e dentro do prato um pato

com uma menina ao lado.

E essa menina de tinta

tinha um prato mais pequeno

e dentro do prato um pato

de penas cinzentas lisas

e no fundo desse prato

estava outra menina ao lado

de um outro pato de penas

cada vez mais pequeninas.

Se a menina não comia

não via o fundo do prato

que tinha lá dentro um pato

de penas cinzentas lisas,

nem via a outra menina

que era bem mais pequenina

e tinha na frente um pato

um pato muito bonito

de penas cinzentas lisas

tão pequenas tão pequenas

que até parecia impossível

como a menina ainda via

e imaginava o desenho

até ao próprio infinito.

 

Maria Alberta Menéres,

in Maria de Lourdes Varanda & Maria Manuela Santos,

Poetas de Hoje e de Ontem --

Do Século XII ao XXI para o Mais Novos

publicado por RAA às 22:28 | comentar | favorito