EPITÁFIO

Meu nome -- minha pátria -- que são para ti?
Se fui nobre ou plebeu -- que diferença faz?
Talvez que eu tenha sido mais que os outros homens.
Talvez que tenha sido menos do que todos.
Contenta-te, estrangeiro, com ter visto um túmulo --
-- Sabes para que serve -- quem jaz nel' não conta.

Paulo Silenciário

(Jorge de Sena)
publicado por RAA às 14:23 | comentar | favorito