EIS-ME NAVEGADOR...

Eis-me navegador. Um sonho abarco.
A Vida é Mar, a Vida é toda um Mar.
E quem tem alma e sabe o que é sonhar
-- há-de lançar às águas o seu barco.

Heróis -- Fernão, Colombo, Gama, Zarco!
Mistério, assombro, -- a vaga, a noite, o luar,
o espaço, o vento, a chuva, a nuvem, o ar...
-- Adonde a calma, o rumo, o porto, o marco? --

Mas uma força interna me estimula
para que eu vença a onda e o vendaval,
tanto mais quando o vento brame, ulula

e o Mar ameaça abrir o hiante seio...
Eu tenho a fé e o sonho de Cabral
em busca do Brasil do meu anseio!

Geraldo Bessa Victor
publicado por RAA às 14:17 | comentar | favorito