...

façam-no feliz e não
o culpem de nada, digam-lhe
a verdade, que esta
dura morte é ainda o
resto da minha alegria

valter hugo mãe
publicado por RAA às 19:52 | comentar | favorito