"Eras a primeira a levantar"

Para a avó Ângela

 

 

Eras a primeira a levantar
acendias o lume
moías o café
abrias as portadas

 

Novembro era o teu mês
e nas íntimas orações
procuravas o ouro iluminado
o refúgio onde as brasas ardiam junto ao coração

 

Os netos (breves relâmpagos)
atravessavam o lameiro
e pensativos adormeciam próximos das aves

 

Na varanda anunciavas a sabedoria do mundo
os ninhos, as cerejas, o pão pobre das palavras.
Fernando Jorge Fabião
n#1
publicado por RAA às 16:17 | comentar | favorito (1)