12
Ago 10

CRIOULO NÃO TEM PATRÃO

(coladera)

Ao chegar português disse
trabalha na serração
eu ri na cara do branco
peguei na minha viola
crioulo não tem patrão.

Ao chegar patrício disse
trabalha na construção
eu ri na cara do negro
saí numa coladera
crioulo não tem patrão.

Eles tem casa eu tenho a rua
eles tem sobrado e eu chão
eles são ricos eu sou pobre
eles são escravos eu sou livre
crioulo não tem patrão.

António Lobo Antunes
publicado por RAA às 18:06 | comentar | favorito

...

(Nesse verão estivemos todos juntos na praia:
o Manuel Mendes e a Bá, o Chico e a Maria Keil,
o José Bacelar e a Maria Luísa, o José Rocha e a
Selma. E eu mergulhava no mar aos Vivas à República!)

Carcavelos.

«Aqui nesta praia amarela...»
tanto esperei em vão pelo princípio do mundo
com os pés a doerem-me
nas conchas de sangue nu dos tapetes...

Depois despia-me
e desafiava o mar
para sentir na pele
aquele frio antigo tão doce de alfinetes...

José Gomes Ferreira
publicado por RAA às 15:12 | comentar | favorito
12
Ago 10

ACORDE

Onde passou o vento
são altas as ervas,
e os olhos água
só de olhar para elas.

Eugénio de Andrade
publicado por RAA às 11:51 | comentar | favorito