10
Nov 10

...

Cortam-me
ou esticam-me
braços
e pernas
conforme
a cama
(a cama
é a medida)

A medida porém
é a Senhora da Aparecida

Também eu
fui Procrustes
tive
duas camas
os outros as outras
nunca
estavam
certos

Errei (pequei)
estou arrependida
(antes não fodida
que mal fodida)

Adília Lopes
publicado por RAA às 16:22 | comentar | favorito

CANÇÃO DOS TRISTES

Tristes bichinhos nocturnos
Passam a vida, coitados!
Nesses buracos soturnos,
Abafados!

Saudosa flor esmaece
Na leira sequinha e erma...
Que deusa enferma
Em ti, falece?

E a borboleta viúva,
Que tem asas agoirentas,
Nas tardas horas cinzentas
De frio e chuva!

E as almas negras de penas,
Sobre a terra que se molha...
Que silêncio! Ouve-se apenas
Cair a folha...

E a voz do sapo encoberta,
Remota, espectral, sozinha,
Na cor lilás da noitinha
Já deserta...

E a do mocho?
Voz longínqua, sempre aos ais;
Voz do céu dorido e roxo,
Voz da Lua e dos pinhais.

Ermo cântico profundo,
Que se alumbra,
No silêncio deste mundo,
Como um círio na penumbra.

E esse pobre que faz dó,
Falto de siso, a esmolar...
Anda, de noite, ao luar,
A falar só!

Almas velhas e saudosas,
No mais trágico abandono,
Que se confessam às cousas,
Pelo Outono...

Teixeira de Pascoais
publicado por RAA às 14:32 | comentar | favorito

QUANDO O MEU CORPO...

Quando o meu corpo apodrecer e eu for morta
Continuará o jardim, o céu e o mar,
E como hoje igualmente hão-de bailar
As quatro estações à minha porta.

Outros em Abril passarão ao pomar
Em que eu tantas vezes passei,
Haverá longos poentes sobre o mar,
Outros amarão as coisas que eu amei.

Será o mesmo brilho a mesma festa,
Será o mesmo jardim à minha porta,
E os cabelos doirados da floresta,
Como se eu não estivesse morta.

Sophia de Mello Breyner Andresen
publicado por RAA às 12:42 | comentar | favorito
10
Nov 10

...

os dias passam por ele
sem que ele dê pelo passar dos dias por ele
adoece e não sabe que é o fim
abana a caude
e sucumbe
          ao tiro no crânio
sem espanto
          à injecção letal
em paz

27-I-2003
publicado por RAA às 11:16 | comentar | favorito