PENUMBRA FACETADA

arcadas louras
no espanto das
praias
que deusas inclinadas
no flanco da noite
incendiada
ofereciam às luas
no entontecimento
dos lábios

só o esquecimento
nos lagos

candelabros na loucura
de pianos
ansiosamente raros
nos olhos facetados
de penumbra

só o esquecimento
no espelho inicial

esquinas dormentes
nos beijos
que espadas
enviaram ao poente
levemente saqueado
de brisa
precisamente como
duas aves
no mastro principal
do navio

Maria Teresa Horta
publicado por RAA às 19:51 | comentar | ver comentários (2) | favorito