23
Fev 12

HOMENAGEM A CAMÕES

I

 

Através do imitado sentimento,

Ao ler-te, quanta vez tenho sentido

Como é muito maior o amor vivido

Em ato não, mas só em pensamento.

 

Então invento o que amo e amo o que invento,

Em coisas sem razão tão comovido

Que o ar me falta e o respiro comprimido

Não sei se dá, não sei se tira o alento...

 

Sabor de amor é esse alto respirar,

Essa angústia em suspiros mal dispersos.

Em amor, que importância tem o ar,

 

O ar, cheio de fantásticas ações!

Assim, aquele que imitar teus versos,

Primeiro imite o teu amor, Camões!

 

Dante Milano

publicado por RAA às 14:47 | comentar | favorito
23
Fev 12

"Tenho os meus amigos"

Tenho os meus amigos

na minha solidão;

e quando estou com eles

que longe que estão!

 

Antonio Machado

 

(Jorge de Sena)

publicado por RAA às 12:41 | comentar | favorito