"Na Primavera, gosto de me sentar na orla de um campo florido."

Na Primavera, gosto de me sentar na orla de um campo florido.

E, quando uma bela rapariga me traz uma taça de vinho,

não me importa nada a minha salvação.

Se eu tivesse essa preocupação, valeria menos que um cão.

 

Omar Khayyam, Odes ao Vinho

(versão de Fernando Castro)

publicado por RAA às 13:44 | comentar | ver comentários (1) | favorito