DIÁRIO DE BORDO

Cá estou eu a julgar que vou remando...

Cá vai Deus a remar
e eu a ser um remo com que Deus
rasga caminhos pelo Mar...

Sebastião da Gama
publicado por RAA às 12:39 | comentar | favorito