CÍRCULO

e surge teu dorso dourado
e vem com a aurora teu rosto
e agora e ainda uma vez e outra mais
aqui estamos
no fragor de lençóis amarfanhados

nus
abandonados
aqui estamos

lentas mordidas
e o relógio tique-
taqueando o tempo

nus
abandonados
aqui estamos

lentas mordidas
e o amor truque-
truncando o tédio
e o corpo assassinado
e surge teu dorso dourado
e vem com a aurora teu rosto
e agora e ainda uma vez

Ronaldo Werneck
publicado por RAA às 15:10 | comentar | favorito