ANTÁSTICO

O dono do pombal fronteiro à minha casa
só recatados gaviões brancos rabo em leque
nunca topou que eu pomba negra arrasto a asa
e lhe fiz da honra das filhas pechisbeque

Um pouco mais de Sol e Mário foras brasa
vá lá fóssil molar em anta cromeleque
é antástico não se ver mesmo na vasa
onde cravou o palafita seu espeque

Porque pateta tanto rima com poeta
como com atleta viva o lugar comum

Tenho há muito o javardo ao alcance da seta
besta lesta na besta e que esta morra pum

Dois colmilhos assim sempre valem algum

José Correia Tavares
publicado por RAA às 16:00 | comentar | favorito