...

Ela é conforme à noite, e sob as dunas, perdidamente inerte como um deus, espera que a lua calva ainda uma vez possa, à alba, essa pedra cingir.

Vergílio Alberto Vieira
publicado por RAA às 23:58 | comentar | favorito