PENUMBRA

Na penumbra dos ombros é que tudo começa
quando subitamente só a noite nos vê
E nos abre uma porta      nos aponta uma seta

para sermos de novo quem deixámos de ser

David Mourão-Ferreira
publicado por RAA às 11:07 | comentar | favorito