O tema me parece a fragmentação do 'sujeito'.
rose prado a 25 de Janeiro de 2011 às 16:30

Comentar:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres