O CÃO

Tenho coleira, colete,

tenho cama, tenho trela.

Mas bem trocava riquezas

por uma bela cadela.

 

Vivo de papo para o ar,

sempre no maior conforto.

Mas eu queria caçar gatos,

que é um grande desporto.

 

Tenho dono, tenho carro,

como bifes à vontade.

Mas sonho com o perfume

do vento, da liberdade.

 

Uso spray anti-carraças

e um sabão anti-pulgas.

Tu julgas que sou feliz.

Ah, isso é o que julgas.

 

Luísa Ducla Soares, Arca de Noé (1999)

publicado por RAA às 18:13 | comentar | favorito