SALTO DA FÉ

aí vem o inevitável poema sobre marilyn

percebi ao pequeno-almoço

no dia mais quente do ano

 

norma jean gostava de esvaziar a tripa

talvez de barriga menos inchada

os vestidos niagaras fossem indolores

talvez o intestino limpo

lhe desse a leveza que os analistas

não logravam

talvez quisesse preparar o traseiro

para presidentes

senadores, capatazes

sem contar com dramaturgos.

enfim, rapazes...

 

de qualquer modo

esvaziava a tripa

antes de ler obras difíceis

e sérias

pois era rapariga de alto

saturno

 

ler kierkegaard

de intestino solto

é outra coisa

 

a pobre da regine olsen

é que provavelmente não sabia

 

Rosa Oliveira, Tardio (2017)

publicado por RAA às 20:57 | comentar | favorito