14
Jan 11

Oriente de Mim

autor: Adalberto Alves (Lisboa, 18.VII.1939)
título: Oriente de Mim
editora: Editorial Teorema
local: Lisboa
ano: s.d.
págs.: 98
dimensões: 20,5x14x0,8 cm. (brochado)
capa: ilustração de Martins Pereira
composição: Interouro
impressão: Rolo & Filhos, Mafra
obs.: na folha de rosto, retrato do Autor por Luís Veiga Leitão
publicado por RAA às 14:12 | comentar | favorito
14
Dez 10

CASIDA DO FALCÃO E DA LUA (fragmento)

Noite na cúpula do céu.
Um falcão voando sob a lua
traça o veleiro de sombra nas areias.
A alcova diz ao alaúde das seis cordas
que vença a mágoa do vento apaziguado.
Morre a volúpia das rugas?
Tâmaras e sândalo, evanescentes dédalos.
Almíscar e carícias, venenos de um arfar.

E o falcão busca ainda voando sob a lua
a miragem de um guante para poder pousar.

Adalberto Alves
publicado por RAA às 23:00 | comentar | favorito
11
Ago 10

A ORIENTE DE MIM

A oriente de mim
há uma estrada
por onde vim
trazido a esta parte.
Foi construída com arte
e desemboca no Nada.

Adalberto Alves
publicado por RAA às 01:55 | comentar | favorito
20
Out 08

...

O lenhador caminha curvado pelo peso.
Leva às costas séculos de madeira.
Queima-la-á para se aquecer um instante.

Adalberto Alves
publicado por RAA às 00:05 | comentar | ver comentários (3) | favorito