30
Dez 11

VERS

*

 

amor que parte o claro riso

em querer desmedido

e recusa insana

 

amor que me toma

como um carrossel de sóis

e um girassol de lâmpadas

 

vê se me alumia

me esclarece

me doma

 

 

**

 

) sim não simnão nim são sins (

 

eis que não me sei

ser menos que seis

toda e cada vez

 

) sim não simnão nim são sins (

 

 

***

 

amor que vence os tigres

vê se vence a mim

 

e me arrasa e me ilumina

 

para que eu saiba

saber o sim

 

Antonio Risério

publicado por RAA às 17:29 | comentar | favorito
02
Dez 11

PARA O MAR 3

Águas marinhas

sobem acima

do nível do mar.

 

Sambaquis submersos

na memória

das marés.

 

Barco sem saída

e eu aqui

nesse convés.

 

Antonio Risério

publicado por RAA às 14:51 | comentar | favorito
14
Nov 11

VIA CAIAPÓ

a saudade existe

quando você está

ao alcance

da mão

 

mas quando eu

estou longe

não

 

Antonio Risério

publicado por RAA às 14:26 | comentar | favorito