14
Set 12

VACA NEGRA SOBRE FUNDO ROSA

Até os cinco anos de idade jamais havia visto um trem de carga;

e até os oito anos jamais um metereologista.

                                         A garota com sombrinha chinesa

foi um dia minha garota com sombrinha chinesa, e a este

que brinca na areia da praia chamamos nosso filho, pois

é o que é, como a bola azul em suas mãos é a bola azul

em suas mãos e o verão é outra bola azul em suas mãos.

As coisas são o que são e sei que antes de precisar

outra vez barbear-me já terão voltado para o frio

de seu novo país. E talvez em meus sonhos

voltem a fazer falta as três dimensões

desse mundo espesso como uma

vaca negra sobre fundo rosa.

 

Carlito Azevedo

publicado por RAA às 19:47 | comentar | favorito
22
Jun 12

NA GÁVEA

Enquanto o vento

sopra contra a flor caduca

da pedra, um som mais belo que o som das

fontes nos seduz a invocar do cubo de treva

nosso de cada noite que nos dê -- não outro dia,

chuva nos cabelos, lampejos do sublime entre pilotis

de azul e abril, mas apenas a vertigem do ato,

o vermelho do rapto, a chegada ao fundo

mais ardente, onde tornar a reunir

cada fragmento nosso, perdido,

de dor e de delicadeza.

 

Carlito Azevedo

publicado por RAA às 14:31 | comentar | ver comentários (3) | favorito
17
Jul 11

Sob a Noite Física

autor: Carlito Azevedo
título: Sob a Noite Física
editora: Livros Cotovia
local: Lisboa
ano: 2001
págs.: 65
dimensões: 20,5x13,1x0,7 cm. (brochado + sobrecapa vegetal)
capa: João Botelho
impressão: Tipografia Guerra, Viseu
tiragem: 750
publicado por RAA às 01:55 | comentar | favorito