...

Homem é filho do nada
E do abandono a presa
Seu coração folha seca
Pelos ventos fustigada.

Ibn Dawud al-Marwani

(Adalberto Alves)
publicado por RAA às 11:51 | comentar | favorito