A MÃO SOBRE O CADÁVER

Hoje a tua mão pousou
sobre o cadáver daquela música.
E ao longe um bando de violinos
ressuscitou-lhe a alma.

A minha mão repousa
sobre a música do teu cadáver.
Uma banda de violinos
interpreta a tua alma.

Luís Adriano Carlos
publicado por RAA às 01:24 | comentar | favorito