...

Mha senhor fremosa, direi-vos ua rem:
vós sodes mha sorte e meu mal e meu bem!
     E mais... porque vo-lo-ei eu já mais a dizer?...
     Mha sorte sodes, que me fazedes morrer!

Vós sodes mha mort' e eu mal, mha senhor,
e quant' eu no mund' ei de ben e de sabor!
     E mais... porque vo-lo-ei eu já mais a dizer?...
     Mha sorte sodes, que me fazedes morrer!

Mha mort' e mha coita sodes, non á i al,
e os vossos olhos mi fazen ben e mal!
     E mais... porque vo-lo-ei eu já mais a dizer?...
     Mha sorte sodes, que me fazedes morrer!

Senhor, ben me fazen soo de me catar,
pero ven-m 'en coita grand'; e vos direi ar:
     E mais... porque vo-lo-ei eu já mais a dizer?...
     Mha sorte sodes, que me fazedes morrer!

Nuno Eanes Cerzeo
publicado por RAA às 14:27 | comentar | favorito